Telefones para Contato
ITAJAí (47) 38421085 (47) 99994-0042
2 Fale Conosco
Denis Alexandre - Negócios Imobiliários

Últimos Artigos » Conheça a história de Itajaí SC

Publicado na Quarta, 11 de dezembro de 2019, 12h00
Conheça a história de Itajaí SC

Conheça a história de Itajaí SC

A cidade portuária de Itajaí, no litoral de Santa Catarina, é destaque no estado e no Brasil. 

Em 2018 o charmoso município esteve na segunda colocação do ranking dos maiores PIBs de Santa Catarina. Em 2019, se tornou a nona cidade do Brasil com melhor arrecadação per capta.

O reflexo destes números é visível. Muitas empresas se sentem seguras para investir no município, gerando novos negócios e postos de emprego. Juntando a economia com uma boa qualidade de vida é possível encontrar uma Itajaí encantadora para prosperar e criar uma família.

As ruas da cidade estão sempre limpas e bem cuidadas. Pessoas do Brasil inteiro e até do exterior migram à procura de oportunidades de emprego; e o mercado tem oferta.

Origem do nome

A origem do nome “Itajaí” ainda é controversa. O historiador e tupinólogo Hermes Justino Patrianova, por meio de muitas pesquisas, apresentou a versão Rio do Jaó de Pedra. Outra versão que ganhou destaque na cidade foi Rio dos Taiás.

Além de uma rica cultura, Itajaí também faz parte do Vale do Itajaí e da Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (AMFRI).

História

Em 1750 chegaram os primeiros homens brancos a Itajaí. De acordo com o Tratado de Tordesilhas, Itajaí pertencia a Portugal na divisão das capitanias hereditárias. As terras catarinenses eram de responsabilidade da Capitania de Sant’Ana, doada a Pero Lopes de Souza.

A construção das colônias sempre se deu em volta do rio. Os primeiros imigrantes chegavam da Ilha da Madeira e Arquipélago dos Açores. 

Também demonstrava interesse pelo município o paulista João Dias de Arzão, que junto com a família buscava uma possível extração do ouro.

 A ideia não vingou e João Dias passou a viver próximo às margens do rio Itajaí-Açu, em frente à foz do rio Itajaí-Mirim. O Distrito de Itajaí foi criado no ano de 1833, porém apenas no dia 15 de junho de 1860 é que Itajaí se tornou município.

Os índios que habitavam as terras itajaienses eram das tribos Botocudos ou Caigangues, do grupo Tapuia (hoje conhecidos por Xokleng) e Carijós. Eles perderam espaço e os primeiros a entrar em extinção foram os Carijós.

A herança deixada pelos índios, além dos nomes característicos, foram sambaquis. Até hoje foram encontrados dois sambaquis que fazem parte da história de Itajaí. O primeiro na Praia de Cabeçudas, no ano de 1970 e o segundo em 1988, no bairro Itaipava.

Cultura em Itajaí-SC

Hoje a cultura predominante em Itajaí é a açoriana e a portuguesa. Porém engana-se quem acredita que eles foram os únicos a povoar a colônia em seus primórdios. 

No século 19 viviam na cidade muitos colonos de origem germânica. Mais tarde, Itajaí também recebeu imigrantes japoneses.

Os traços da colonização são muito fortes até hoje. Todos os anos acontece no município a Marejada, maior festa portuguesa e do pescado do Brasil. A Marejada faz parte do circuito das festas catarinenses de outubro e tem como objetivo festejar a cultura luso-açoriana.

O Boi de Mamão também é uma herança cultural dos colonizadores, sendo preservado e ensinado para crianças nas escolas. Outra herança da Itajaí de antigamente são os casarões conservados no Centro da cidade.

Os destaques são a Casa da Cultura Dide Brandão (1913), Herbário Barbosa Rodrigues (1954), Casa Malburg (1915), e a antiga construção da fábrica de tecidos Renaux, que abriga hoje a Biblioteca Municipal.

Itajaí em números

A cidade de Itajaí possui uma universidade, um hospital infantil universitário, um hospital e maternidade, mercado do peixe, porto e infinitas outras qualidades. 

Em 2019 a população aproximada, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 219.536 pessoas.

Já em tamanho territorial, o número corresponde a 288,402 km² de extensão, divididos entre bairros urbanos, rurais e zonas industriais. Em 2017 a média salarial no município era de três salários mínimos. No mesmo ano o número de empresas ativas e atuantes foi de 11.319.  

Outro número interessante é a quantidade de veículos no município. Em 2018 eram 171.460 veículos de diversos tipos, de triciclo a automóveis. Quanto ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), os últimos dados são de 2010 e representam 0,795.

Volvo Ocean Race

Pela quarta vez consecutiva Itajaí irá receber a regata de volta ao mundo, também considerada a fórmula 1 dos mares. 

A organização da Volvo Ocean Race já escolheu Itajaí durante três vezes consecutivas para sediar o evento e ser o ponto de parada da competição na América Latina.

Só na última edição, em 2018, a Volvo Ocean Race movimentou R$ 83 milhões. Deste montante, 76% ficou na região de Itajaí. O evento mobilizou um público de 440 mil pessoas e consolidou a cidade como importante polo náutico nacional.

Qualidade de vida em Itajaí

A excelente qualidade de vida em Itajaí se deve, em grande parte, pelo número de praias e de belezas naturais da região. 

É possível encontrar natureza para todos os gostos: campos, morros, lagos, rio e praia. Entre as praias se destacam Cabeçudas, Atalaia e Brava. 

O Morro da Cruz e o Morro da Atalaia garantem uma linda vista da cidade e do mar. No morro e Parque da Atalaia é possível fazer esportes radicais, como pular de parapente e realizar trilhas.

A gastronomia em Itajaí é um espetáculo à parte. O Mercado do Peixe permite aos moradores a compra de peixes fresquinhos todos os dias. 

Para aqueles que desejam curtir música e petiscos uma das opções é o Mercado Velho ou Mercado Público. Além disso, muitos bares e restaurantes fazem a alegria dos turistas.

A Universidade do Vale do Itajaí (Univali) é uma das universidades do município e está entre as maiores instituições de ensino superior do Brasil. São 170 mil m² que atendem a mais de 24 mil alunos. A diversidade de escolas particulares, municipais e estaduais também é um diferencial.

Curiosidades

Quem nasce em Itajaí é chamado carinhosamente de peixeiro, o que remete a cultura açoriana e a fala rápida, com a fonética acentuada da letra “x”. 

O nome original do município era Itajahy, mas com o processo de “aportuguesamento” acabou perdendo a letra “h”. Alguns bairros da cidade têm nomes indígenas como Itaipava e Canhanduba.

Itajaí abriga o segundo maior porto brasileiro em movimentação de cargas em contêineres. Além disso, o Porto de Itajaí é o maior exportador de carnes congeladas do Brasil.

Uma cidade repleta de experiências únicas

Extremamente hospitaleira, Itajaí possui um ótimo clima e atividades durante todo o ano, encantando turistas e entretendo moradores. O município tem infraestrutura completa para atender aos mais variados públicos, qualidade de vida, .

E você, tem vontade de conhecer Itajaí? Já pensou em morar pertinho da praia?

Se estiver pensando em conhecer a cidade não deixe de tomar um café conosco, daremos todo o suporte a você e à sua família com atendimento de excelência.